Notícias

Londrina chegou a 78 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. Dois óbitos foram registrados nas últimas 24h, de acordo com a prefeitura municipal.

Uma das pessoas que morreram era um homem de 63 anos, internado em hospital privado em 27/06, com positivo para coronavírus no mesmo dia. A outra paciente era uma mulher de 57 anos, internada em hospital público em 07 de junho, com positivo para coronavírus em 08/06. Os dois morreram nesta segunda e tinham comorbidades.

Os casos confirmados são 1305. No total, 978 estão curados, 365 aguardam resultados de exames e 6158 foram descartados.

 

Créditos: Bonde

Publicado em Londrina e região

Com a confirmação de que 31 funcionários testaram positivo para a Covid-19, o Hospital do Câncer de Londrina, no norte do Paraná, decidiu suspender as cirurgias eletivas e diminuir os atendimentos ambulatoriais. A medida foi tomada para diminuir a quantidade de pessoas que circulam na instituição.

O Hospital do Câncer informou que os atendimentos de pacientes que estão em tratamento oncológico não serão afetados.

Desde março, o hospital suspendeu as visitas e adotou regras mais rigorosas para a permanência de acompanhantes. Também passou a realizar a triagem de toda e qualquer pessoa antes de entrar na instituição.

O Hospital do Câncer também estruturou leitos exclusivos para Covid-19 e separou áreas exclusivas para o isolamento de pacientes considerados suspeitos durante o processo de triagem e para aqueles que necessitem de atendimento em nossa instituição.

A unidade hospitalar informou que, desde março, 49 pacientes foram atendidos na ala de Covid-19 e ficaram internados no local até a transferência para o hospital de referência ser autorizada.

Nesta terça-feira (23), ainda conforme o Hospital do Câncer, uma pessoa com diagnóstico positivo para a doença permanece internada. Outros dois pacientes foram transferidos.

Desde o início da pandemia, dos 1.082 funcionários do hospital, 31 testaram positivo, 21 permanecem afastados das funções em isolamento domiciliar.

 

 

Créditos da matéria: G1

Publicado em Londrina e região

A Prefeitura de Londrina registrou 10 novos casos nas últimas 24 horas. Agora são 1.080 casos na cidade. Deste total, 723 já se curaram, 45 estão hospitalizados, sendo 25 em enfermaria e 20 em UTI, 250 estão se cuidando em casa e 62 corresponde ao número de óbitos em decorrência da doença.

Conforme o boletim, 176 pacientes considerados suspeitos aguardando resultados exames. Até o momento, 5.094 foram descartados.

 

Créditos: Bonde

Publicado em Londrina e região

Nesta sexta-feira (19) se comemora o Sagrado Coração de Jesus, padroeiro da cidade de Londrina. Em virtude desse feriado, que é apenas municipal, não haverá atendimento ao público na sede administrativa da Prefeitura e nas demais repartições, como as autarquias e fundações.

Contudo, permanecem abertos os serviços essenciais, como os de saúde e segurança. Confira a seguir o que abre e o que fecha nesta sexta-feira (19) em Londrina.

Saúde
Funcionarão normalmente os plantões dos Prontos Atendimentos 16 horas do Maria Cecília e do União da Vitória, as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) 24 horas Maria Angélica Castoldo (Centro-Oeste) e Francisco de Arruda Leite (Jardim Sabará), sendo que a UPA do Sabará é a referência para o atendimento em casos suspeitos de COVID-19. O plantão do CAPS III, o PAI (Pronto Atendimento Infantil), o Centro Especializado de Atendimento para dengue, a Maternidade Municipal Lucilla Balallai e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência) também estarão em funcionamento. Com relação às UBSs (Unidades Básicas de Saúde), estará aberta apenas a do Maria Cecília, exclusivamente para atender pacientes com quadros respiratórios, na Rua Eugênio Gayon, 835. O horário de funcionamento será das 7 às 19 horas. Já os serviços prestados nas demais Unidades Básicas de Saúde, o Centro de Especialidades Odontológicas, a Policlínica, o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) I e o Caps AD estarão fechados, retornando normalmente na segunda-feira (22).

Defesa Social
O trabalho da Guarda Municipal de Londrina também funcionará normalmente durante o feriado e no fim de semana, por ser essencial. A equipe continuará fazendo o patrulhamento das áreas públicas, espaços de lazer, parques, praças, lagos, pistas de caminhada, ciclovias, academias ao ar livre e demais espaços similares. O trabalho da guarda também inclui o videomonitoramento e fiscalização de estabelecimentos suspeitos de descumprir os decretos municipais que regulam o funcionamento de comércio, indústrias e outros segmentos. Todos estes serviços operacionais da Guarda funcionam 24 horas por dia. A comunidade pode fazer denúncias e registrar BOs por meio dos telefones 153 (Guarda Municipal) e 199 (Defesa Civil).

Acesf
O atendimento a funerais da Acesf (Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina) segue normalmente, todos os dias da semana, incluindo feriados, sábados e domingos. No feriado, somente a equipe administrativa não terá expediente, que será retomado na segunda-feira (22), a partir das 8 horas.

Cultura
As bibliotecas públicas permanecem fechadas para atendimento presencial ao público. As pessoas que precisarem entrar em contato com a Biblioteca Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, por exemplo, podem mandar um e-mail para biblioteca@londrina.pr.gov.br ou ligar no telefone (43) 3371-6500.

Fazenda
Na sexta-feira não haverá expediente na Praça de Atendimento da Secretaria Municipal de Fazenda. Para ser atendido pessoalmente, os contribuintes precisam agendar um horário previamente, pela internet. Aqueles que não têm acesso à internet, podem ligar no (43) 3372-4424.

Procon
O Procon-LD (Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina) também não terá expediente no feriado e na sexta-feira. O consumidor que se sentir lesado e desejar fazer uma denúncia ou reclamação pode entrar em contato pelo e-mail procon@londrina.pr.gov.br, pelo Facebook (www.facebook.com/ProconLd/), ou mandar uma mensagem de vídeo ou áudio para o whatsapp (43) 99914-3277.

Cohab
A Cohab-LD (Companhia de Habitação de Londrina) também não terá expediente nestes dias. O trabalho volta a funcionar normalmente na segunda-feira (22). O atendimento ao público está sendo feito por telefone ou meio eletrônico, das 8h30 às 17h30, pelo número (43) 3315-2233, ou formulário disponível no site da companhia.

Trabalho, Emprego e Renda
A sede da Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda, administradora do Sine (Sistema Nacional de Emprego) em Londrina, também permanece fechada no feriado. Temporariamente, os serviços presenciais de vagas de emprego estão suspensos por conta do enfrentamento ao coronavírus. Nos dias úteis, o local permanece com atendimento telefônico, das 8h às 14h de segunda a sexta, pelo telefone 3373-5700, e com o atendimento agendado do seguro desemprego. Os serviços do Sine funcionam pela internet 24 horas todos os dias.

O Parque Municipal Arthur Thomas permanece fechado, devido à pandemia do novo coronavírus. Também não haverá expediente sede da Secretaria Municipal do Ambiente.

Créditos: Bonde

Publicado em Londrina e região

Na próxima sexta-feira (19), quando se comemora o dia do Sagrado Coração de Jesus, Padroeiro da cidade, todo o comércio estará fechado. A medida vale tanto para o comércio de rua quanto para os shoppings.

Nos demais dias desta semana (16, 17 e 18) o comércio de rua de Londrina funciona das 10 às 16 horas e os shoppings atendem das 11 às 19 horas, como autorizado pelos decretos municipais n. 541 e 558, que têm validade até o dia 22 de junho.

O atendimento prossegue suspenso no fim de semana, de acordo com as regras do município.

Na segunda-feira (22) o comércio retoma o expediente, dentro dos horários permitidos pela prefeitura.

Créditos: Bonde

Publicado em Londrina e região

O prefeito Marcelo Belinati (PP) estendeu por mais uma semana - até 22 de junho - os efeitos do decreto 541, que estabeleceu o funcionamento do comércio de Londrina das 10h às 16h de segunda a sexta-feira, e o 558, que definiu o horário de 11h às 19h nos mesmos dias dos shoppings centers. A prorrogação foi publicada na edição do Jornal Oficial do Município.

A renovação de atuação dos segmentos comerciais aconteceu no mesmo dia em que a cidade registrou, pela segunda vez consecutiva, cinco mortes pelo novo coronavírus, chegando a 50 óbitos no total. O boletim da Secretaria Municipal de Saúde mostra que as últimas pessoas falecidas tinham entre 30 e 86 anos. O informativo ressalta ainda que outros 60 novos casos foram confirmados, subindo para 855 o número de londrinenses infectados. Bares, lanchonetes e restaurantes, entre outros do ramo de alimentos, podem funcionar até às 22h, como prevê o decreto 541.

 

Créditos: Bonde

Publicado em Londrina e região

Londrina é uma das cidades brasileiras escolhidas para receber doações do grupo JBS. Hoje foram entregues cestas básicas, além de equipamentos hospitalares e de proteção que serão utilizados em unidades de saúde municipais.  As doações chegaram à cidade nesta sexta-feira em quatro carretas com os mantimentos e equipamentos, que somam 700 mil reais. O prefeito Marcelo Belinati fez questão de receber oficialmente as doações. Ao todo são cinco mil cestas básicas, 50 mil luvas vinílicas, oito mil máscaras de proteção e 50 macas.

“Agradecemos toda essa contribuição que irá nos auxiliar em duas frentes. A primeira, através dos equipamentos de proteção, que irão acrescentar mais duração ao nosso estoque de produtos, que já estava garantido para quatro meses. A questão é que não dá para saber quanto tempo a pandemia irá durar, então um reforço é muito bem-vindo. A segunda frente auxilia a amenizar as dificuldades impostas pela crise econômica e social, com as cestas que serão distribuídas imediatamente às famílias mais vulneráveis”, afirmou o prefeito.

 

Clóvis Guedes, diretor regional do grupo JBS, lembrou que os itens de doação foram selecionados por um Comitê que identifica as necessidades de cada município. Em Londrina, a intermediação foi feita com as secretárias municipais de Saúde e Gestão Pública, que apontaram sugestões. A diretora da secretaria de Saúde, Daniela Zampar, explica que as luvas e máscaras irão para as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e que as macas terão o mesmo destino, além de compor os equipamentos do SAMU.

 

Desde o início da pandemia, diversas ações sociais foram realizadas pela JBS com o intuito de oferecer suporte no combate, prevenção e enfrentamento ao novo coronavírus. Já foram entregues mais de 200 toneladas de produtos entre alimentos e itens de higiene e limpeza, além de 85 mil itens para Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e uniformes para trabalhadores da saúde e de limpeza urbana.

 

A estimativa é de que aproximadamente 500 mil pessoas já tenham sido beneficiadas pelas ações. A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com mais de 240 mil colaboradores – no Brasil são 130 mil, sendo a empresa uma das maiores empregadoras privadas do país. De acordo com a empresa, as doações servirão para três frentes no País: saúde pública, ação social e apoio à ciência. A expectativa é de que 162 municípios e 17 Unidades da Federação serão beneficiados.

 

Créditos: 24 horas

 

Publicado em Londrina e região

O prefeito Marcelo Belinati (PP) assinou, nesta quarta-feira (10), o decreto nº 664, autorizando a realização de eventos no formato drive-in e também digitais (lives) em Londrina. Trata-se de uma forma de abrir novas possibilidades ao setor de eventos em geral, incentivando toda sua cadeia produtiva no período de pandemia do coronavírus. 

 

Com a nova medida, estão liberados eventos, shows, apresentações, sessões de cinema, projetos audiovisuais, atividades culturais e prestação de serviços em ambientes abertos ou fechados, para clientes e espectadores usufruírem a partir de seus veículos, com o devido conforto e segurança. Ficam normatizadas, ainda, as produções que ocorrem em estúdios ou cenários com transmissão pela internet, ao vivo ou gravados, sem a presença física de público. Londrina passa a ser um dos primeiros municípios do Brasil a formalizar, via decreto, a regulamentação deste tipo de atividade.

Poderão ser realizados eventos em locais como shoppings, estacionamentos, áreas públicas e outros, desde que haja o cumprimento de todas as medidas previstas pelo decreto. O pacote inclui regras gerais e específicas, incluindo afastamento de colaboradores do grupo de risco, trabalho remoto para atividades administrativas, máscaras e equipamentos de proteção para todos os envolvidos, higienização de ambientes, superfícies e fornecimento de álcool em gel nas entradas, distanciamento entre veículos e pessoas, entre outras.

A íntegra do conteúdo pode ser acessada no jornal oficial do Município, edição 4089. Todos os estabelecimentos responsáveis pela realização destes eventos deverão cumprir, obrigatoriamente, as normas sanitárias, de saúde e segurança vigentes. As regras valerão tanto para organizadores, contratados e colaboradores, bem como para clientes e participantes em geral.

O decreto é resultado de uma articulação integrada entre diversas instituições da cidade, envolvendo entidades como Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), Londrina Convention Bureau, Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) – Regional Norte do Paraná, e Acil (Associação Comercial e Industrial de Londrina).

O prefeito frisou que esta iniciativa vem para minimizar os impactos causados pela pandemia e criar alternativas aos segmentos e prestadores de serviço ligados à cultura, turismo, eventos, arte, esporte, entre outros. "São setores entre aqueles mais afetados pela crise econômica global desencadeada pela Covid-19. Por isso, este apoio será de grande importância para fortalecer todas as entidades, instituições, empresários, agentes culturais e pessoas envolvidas com eventos. Neste momento de dificuldades, ajudará a manter empregos, gerar renda e movimentar a economia local, além de oferecer opções variadas de cultura e lazer ao público”, comentou.

Segundo o presidente da Codel, Bruno Ubiratan, esta é uma oportunidade para os diversos segmentos ligados a eventos se reinventarem e buscarem novos formatos para suas atividades. "Será uma experiência inovadora para incentivar a cadeia produtiva de eventos, que poderá oferecer entretenimento e serviços de uma forma diferente, devido a atual realidade. Poderão ser realizados shows musicais, apresentações de teatro e culturais, cinema, eventos esportivos, festivais, entre outras atrações, englobando diferentes vertentes. Festivais como o de Blues e o Filo poderão levar suas atrações às pessoas, por exemplo, neste momento de restrições e isolamento social. Houve mobilização de entidades da cidade para, juntamente com o poder público, viabilizar a liberação de eventos de forma segura aos realizadores e ao público”, destacou.

Oportunidades

A presidente do Londrina Convention Bureau, Daiana Bisognin Lopes, enfatizou que a normatização e liberação destas modalidades de eventos movimentam o setor, com a retomada de trabalho de muitas empresas, fornecedores e colaboradores que estavam parados. "Com a impossibilidade de eventos presenciais e a falta de opções culturais na cidade, é preciso criar novas alternativas de gerar renda e condições de acesso à população. Além do drive-in, os eventos digitais também se fortalecem neste período e já fazem parte da rotina de muitas pessoas, por isso é importante que essas produções ocorram seguindo regras de organização para que tudo seja feito com segurança”, disse.

De acordo com Fernanda Yumi, presidente da Abrasel Regional Norte, serviços como drive-thru, retirada e delivery têm ajudado a movimentar e fortalecer os estabelecimentos que trabalham com alimentação durante a pandemia. "Agora, os eventos liberados para drive-in poderão contar com comercialização de alimentos e bebidas, o que gera novas oportunidades ao segmento. Uma das ideias são pedidos que poderão ser feitos de dentro dos veículos por meio de aplicativos de celular, que são ferramentas cada vez mais utilizadas pelas pessoas em casa para pedir comida e produtos. É momento das entidades se unirem e trabalharem parcerias como esta”, comentou.

 

Créditos: Bonde

Publicado em Londrina e região

A Prefeitura de Londrina informa como se dará o funcionamento dos serviços municipais durante o feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (11). Não haverá atendimento ao público na sede administrativa da Prefeitura e nas demais repartições, como as autarquias e fundações, permanecendo abertos apenas os serviços essenciais, como os de saúde e segurança. O mesmo ocorrerá na sexta-feira (12), pois foi considerado ponto facultativo nas repartições públicas municipais, por meio do Decreto Nº 686, publicado no Jornal Oficial nº 4.086.

 

SAÚDE

Nestes dois dias funcionarão normalmente os plantões dos Prontos Atendimentos 16 horas do Maria Cecília e do União da Vitória, as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) 24 horas Maria Angélica Castoldo (Centro-Oeste) e Francisco de Arruda Leite (Jardim Sabará), sendo que a UPA do Sabará é a referência para o atendimento em casos suspeitos de Covid-19. Também atenderão normalmente o plantão do CAPS III, o PAI (Pronto Atendimento Infantil), o Centro Especializado de Atendimento para dengue, a Maternidade Municipal Lucilla Balallai e o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência) também estarão em funcionamento. Já os serviços prestados nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), a Policlínica, o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) I e o CAPS AD estarão fechados, retornando normalmente na segunda-feira (15).

DEFESA SOCIAL

O trabalho da GML (Guarda Municipal de Londrina) também funcionará normalmente durante o feriado e no fim de semana, por ser essencial. A equipe continuará fazendo o patrulhamento das áreas públicas, espaços de lazer, parques, praças, lagos, pistas de caminhada, ciclovias, academias ao ar livre e demais espaços similares. O trabalho da guarda também inclui o videomonitoramento e fiscalização de estabelecimentos suspeitos de descumprir os decretos municipais que regulam o funcionamento de comércio, indústrias e outros segmentos. Todos estes serviços operacionais da GM funcionam 24 horas por dia. A comunidade pode fazer denúncias e registrar os boletins junto a GML, por meio dos telefones 153 (Guarda Municipal) e 199 (Defesa Civil).

ACESF

O atendimento a funerais da ACESF (Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina) segue normalmente, todos os dias da semana, incluindo feriados, sábados e domingos. Na quinta-feira e no recesso, somente a equipe administrativa não terá expediente, que será retomado na segunda-feira (15), a partir das 8 horas.

CULTURA

As bibliotecas públicas estão fechadas para atendimento presencial ao público. As pessoas que precisarem entrar em contato com a Biblioteca Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, por exemplo, podem mandar um e-mail para biblioteca@londrina.pr.gov.br ou ligar no telefone (43) 3371-6500.

FAZENDA

Na quinta e na sexta-feira não haverá expediente na Praça de Atendimento da Secretaria Municipal de Fazenda. Para ser atendido pessoalmente, os contribuintes precisam agendar um horário previamente, pela internet. Clique aqui. Aqueles que não tem acesso à internet, podem ligar no (43) 3372-4424.

PROCON

O Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina também não terá expediente no feriado e na sexta-feira. O consumidor que se sentir lesado e desejar fazer uma denúncia ou reclamação pode entrar em contato pelo e-mail procon@londrina.pr.gov.br, pelo Facebook (www.facebook.com/ProconLd/), ou mandar uma mensagem de vídeo ou áudio para o whatsapp (43) 99914-3277.

COHAB

A COHAB-LD (Companhia de Habitação de Londrina) também não terá expediente nestes dias. O trabalho volta a funcionar normalmente na segunda-feira (15). O atendimento ao público está sendo feito por telefone ou meio eletrônico, das 8h30 às 17h30, pelo número (43) 3315-2233, ou formulário disponível no site da companhia.

TRABALHO, EMPREGO E RENDA

A sede da SINE (Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda, administradora do Sistema Nacional de Emprego) em Londrina, também permanece fechada nestes dias. Temporariamente, os serviços presenciais de vagas de emprego estão suspensos por conta do enfrentamento ao coronavírus. Nos dias úteis, o local permanece com atendimento telefônico, das 8h às 14h de segunda a sexta, pelo telefone 3373-5700. Os serviços do SINE funcionam pela internet 24 horas todos os dias. Clique aqui para acessar o site.

AMBIENTE

O Parque Municipal Arthur Thomas permanece fechado, devido à pandemia do novo coronavírus. Também não haverá expediente sede da SEMA (Secretaria Municipal do Ambiente).

CMTU

Transporte coletivo – Na quinta-feira (11), feriado de Corpus Christi, o transporte coletivo vai operar com a tabela de horários referente aos domingos. Na sexta (12), os ônibus seguirão a escala dos dias úteis. Trânsito – Os agentes municipais vão atuar no monitoramento e fiscalização do trânsito com efetivo reduzido. O patrulhamento contempla o centro e as áreas de lazer, além dos chamados de urgência e emergência. Feiras – As feiras livres, feiras da lua e feiras gastronômicas terão funcionamento facultativo. Limpeza Urbana – Os serviços de varrição, capina e roçagem do mato, remoção de entulhos, conservação de lagos e as demais atividades de asseio da cidade serão suspensos no feriado. Os PEVs (Pontos de Entrega Voluntária) dos bairros Nova Conquista e Vista Bela ficarão fechados para o recebimento de resíduos durante o Corpus Christi, voltando a abrir no dia seguinte, às 8h. A coleta do lixo, que inclui o rejeito e os resíduos orgânicos, será realizada normalmente nos bairros já atendidos às quintas-feiras. O recolhimento do material reciclável será feito de maneira diferenciada, de acordo com a escala de trabalho de cada cooperativa de catadores. Enquanto a Coopernorth adiantará o serviço do feriado para quarta-feira (10), a Cooper Região, Cooper Refum e Cooperoeste atuarão normalmente na quinta. Já a Coocepeve, Cooper Mudança e Ecorecin compensarão o dia parado na sexta-feira (12). O cidadão que eventualmente não souber a entidade encarregada da região onde mora pode fazer a consulta no endereço www.cmtu.londrina.pr.gov.br, na opção "Mapa da Coleta Seletiva”.

TRL (Terminal Rodoviário de Londrina) – A rodoviária terá o serviço normal das equipes operacionais, com recesso apenas das atividades administrativas.

 

Fonte: Bonde

Publicado em Londrina e região

Londrina registrou mais três óbitos por Covid-19, e o total chegou a 34. As informações foram divulgadas pela assessoria de comunicação da prefeitura na noite desta segunda-feira (8).

Lo 
Uma delas, segundo o HU (Hospital Universitário), tinha 86 anos e foi encaminhada via Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) no dia 1º. Ainda em casa, apresentava sinais de febre associada a desconforto respiratório. Foi avaliada no domicílio por médica da atenção primária que regulou a paciente para o HU. No dia 2 teve exame para Covid-19 positivo. No dia 05/06, evoluiu para muito grave. Em 07/06 evoluiu sem pulso central e foi constatado óbito às 22h34. Tinha diversas comorbidades.

Outra mulher, 47 anos, havia sido internada em hospital filantrópico no dia 02/06. Em 05/06 foi transferida para hospital de Arapongas (Região Metropolitana de Londrina), com positivo para coronavírus em 06/06. Evoluiu a óbito no domingo (7) em Arapongas. Paciente apresentava comorbidades.

A terceira pessoa é um homem, 42 anos, internado em 29/05 em hospital público, com positivo para coronavírus. Evoluiu a óbito na tarde desta segunda-feira. Não apresentava comorbidades.

 

O número de casos confirmados do novo Coronavírus no município foi a 597 - dez a mais do que domingo (7). Há 397 curados, 283 aguardando exames e 2.589 descartados.

 

Fonte: Bonde

Publicado em Londrina e região
Página 2 de 3
REDES SOCIAIS:
Image
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Rádio Norte Londrina a sua melhor companhia!
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Rádio Norte Londrina a sua melhor companhia!
Image