Notícias

Luísa Canziani é expulsa do PTB por gravar reunião ministerial
18 Jun
Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Luísa Canziani é expulsa do PTB por gravar reunião ministerial

A participação da deputada federal Luísa Canziani (PTB-PR) em uma reunião do Ministério da Educação foi alvo de uma polêmica, após aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fotografarem a parlamentar de costas com um microfone sem fio na cintura. O grupo, liderado pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) acusou a deputada de estar gravando, sem autorização, a reunião ministerial.

Luísa Canziani explicou que o equipamento (conhecido como microfone de lapela) instalado pelo programa "Profissão Repórter" da Rede Globo tem o objetivo de acompanhá-la nos debates sobre a regulamentação do homeschooling no Congresso. Mesmo após as explicações, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson anunciou a expulsão dela do partido nesta quinta-feira (17). "Gravar secretamente um Ministro de Estado é uma falta gravíssima. Essa turma que veio do jovairismo não tem limites. Reprovamos a conduta da Dep. Luiza Canziani, que está expulsa do PTB." escreveu o presidente nacional do partido no twitter.

Eduardo Bolsonaro diz que presenciou suposta gravação Em entrevista ao canal do YouTube "Terça Livre", o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse que a suposta tentativa de gravação ocorreu em uma reunião com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, que tinha como pauta um projeto de lei sobre o "homeschooling" —no Twitter, Roberto Jefferson disse que a reunião era com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

 

Bolsonaro disse que estava presente na reunião e foi alertado de que a deputada, apontada para ser a relatora do projeto, portava um equipamento de gravação —um microfone e um aparelho transmissor— "escondido". "Eu mesmo verifiquei com meus olhos que ela estava, aparecia numa parte da calça dela o transmissor, interpelei ela publicamente, já que à mesa estava 12 deputados federais mais o ministro da Educação, e perguntei se ela estava portando algum equipamento de transmissão, de maneira muito educada ainda", afirmou o deputado.

 

Segundo Bolsonaro, a deputada respondeu que estava participando de uma gravação para o programa "Profissão Repórter", que a estaria acompanhando há duas semanas. "Imediatamente recomendei ao ministro da Educação que encerrasse aquela reunião e que era inadmissível aquele tipo de postura, um absurdo. Não pode uma pessoa, a essa altura do campeonato, querer que eu confie na Globo. Um deputado não pode entrar numa reunião com ministro ou com outros deputados portando um rádio transmissor", declarou.... 

 

Créditos: Bonde/Noticias UOL

REDES SOCIAIS:
Image
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Rádio Norte Londrina a sua melhor companhia!
Image
RÁDIO NORTE 100.3
CONTATO@RADIONORTELONDRINA.COM.BR
(43) 3367-4003

Rádio Norte Londrina a sua melhor companhia!
Image